Atacama: Valle de la Luna e Valle de la Muerte.

Atacama2016--2

04/06/2016 · Atacama, Chile, Viagem,

O mais interessante é que esse passeio seja o primeiro que você faz quando chega ao Atacama. Primeiro pela aclimatação: você fica nos 2500m de San Pedro de Atacama e vai se acostumando, segundo porque, quando você pensa que nada pode ser mais grandioso do que você está vendo, vem os outros passeios: sim, esses vales são a melhor recepção que você poderia ter.

Eu acordei as 3 da manhã, para conseguir chegar no aeroporto até umas 4:30. Meu vôo para Calama saia, inicialmente, as 6:30. Um susto inicial com o atraso do taxi, cheguei no aeroporto com folga. Mas o vôo atrasou e saiu quase 7:30. Eu voei Latam e fora o atraso, check in foi muito tranquilo. Já quem estava indo de Sky Airlines encarou filas enormes. Chegada em Calama por volta das 10h e mais uma hora de van até San Pedro de Atacama. Cheguei no hotel, larguei a mochila e fui até a Ayllu conferir minha agenda de quase uma semana no deserto. Primeiro passeio marcado para iniciar as 16hs, saindo da agência.

Primeira parada: a famosa Piedra del Coyote, onde todos querem uma foto e de onde de pode observar a Cordilheira de Sal. Você não sabe se a falta de ar é pela altura ou pela beleza e grandiosidade do que você está presenciando. Infelizmente, no dia que fui, as cavernas da cordilheira de sal estavam fechadas. Aparentemente, não havia segurança para se caminhar por aqueles dias.

De lá, fomos ao Valle de la Luna. Dica do guia: na subida, parar a cada 3 ou 4 passos, respirar e ir devagar. Avisar se está tudo bem. É fácil enganar a si mesmo e achar que está tudo bem. É simplesmente lindo, formado por rochas salinas desenhadas pela erosão. Ali, os olhos se enchem de lágrima pela primeira vez e a gente agradece pela oportunidade do que estamos presenciando.

A próxima é uma parada rápida no meio do caminho: as Três Marias (que são 4…). Também são uma formações de rochas de sal, também resultado da erosão.

Para finalizar: o pôr do sol no Valle de la Muerte. Que forma de encerrar o primeiro dia no deserto! A Ayllu oferece um cocktail: comidinhas, vinho chileno e música andina. E o mais legal: não assistimos o por do sol se por diretamente, nossa observação é para o lado oposto e o show de cores que o sol proporciona no horizonte oposto.

Próximo Post: Piedras Rojas e Lagunas Altiplânicas.

Vai reservar hotel para o Atacama pela booking.com? Segue esse link e ganhe até R$40 em bônus.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s